22 outubro, 2013

O JOAQUIM BARREIROS

Não, o Quim não me pagou para fazer isto mas apercebi-me que foi com as músicas dele que passei os melhores momentos da minha vida académica. Alguns anos depois desta dita vida são estas músicas que me fazem sorrir e lembrar-me daquelas pessoas que estiveram comigo em queimas, festas, receções e jantaradas.
Para muitos não é novidade que o Quim (ainda) é o meu ídolo; para outros pode ser mas deixa de ser a partir deste momento. Quer queiramos quer não, mesmo sendo a pimbalhada ou a música portuguesa que ninguém quer ouvir, ainda continua a ser a música típica portuguesa e aquela que alegra todo um meio.

Fui clara?

video

(Inicialmente, ia colocar isto no Facetruque mas depois pensei melhor e achei que a coisa não ia correr bem. Fica no anonimato que fica melhor)

Sem comentários:

Enviar um comentário