23 dezembro, 2011

SURDA-MUDA

Aconteceu-me hoje aquilo que me arrepio só de pensar.
Acabava eu de chegar ao Porto com cinco malas penduradas em mim e em direção à estação de S.Bento a ver se tinha sorte com os comboios, quando uma senhora toca nas minhas costas.
Sem falar mostrou-me um papel que estava em inglês, dizendo que era surda-muda. Tinha alguns nomes escritos e eu pensei que ela estava a recolher assinaturas. Ok, comecei a escrever o meu nome, o código postal, a cidade e depois teria de pôr a quantidade de dinheiro que ia dar. WHAT????
Os nomes que estavam escritos em cima tinham como 10€ e 20€.
- O quê?!?! Desculpe mas não posso dar este dinheiro.
Ela olhou para mim com cara de pena e com gestos, explicava que não falava nem ouvia. Depois apontou para o número "dois" que estava algures na folha como que a dizer que podia ser uma quantia mais pequena. Ok, a senhora deu-me pena e quis ajudá-la. No momento em que fui à minha mala buscar uma moeda vejo um senhor a olhar para mim e a gesticular:
- Não dê, menina, ela fala. Ela fala, não dê.
Fiquei em choque a olhar para o senhor e o meu corpo arrepiou-se todo. Olhei para a senhora com uma náusea e disse-lhe.
- Não, não dou nada.
Já estava a tremer por todos os lados e fui ter com o senhor que me explicou que a senhora é ucraniana e que faz isso todo o dia. E que, sim, muita gente lhe dá dinheiro.

Que há a dizer sobre isto? Sem dúvida que a senhora é inteligente porque eu nunca me teria lembrado de uma coisa destas (sou extremamente boa pessoa). Já não me caíam muito bem as pessoas que pedem dinheiro nas ruas, mas depois de hoje muito menos.
Agora um aparte:
Na semana passada estava a passear com Matthew e uma miúda com muito mau aspeto pede-nos uma moeda. Obviamente que não dei mas ele foi ao bolso e deu-lhe. Levou sermão, claro.
- É Natal - disse ele.
Qual Natal qual quê???

Este episódio é só uma chamada de atenção para quem tem bom coração.

3 comentários:

  1. Que tenhas uma excelente sexta-feira 13, sendo um fantástico início do fim-de-semana! :D
    Beijos *

    ResponderEliminar